RCO apresenta soluções em centrais de concreto no III Workshop da revista O Empreiteiro

Como tema em 2015, o III Workshop da revista O Empreiteiro apresentou “As práticas de sucesso na gestão profissional de obras e projetos”. Acompanhando o tema proposto pela organização do evento, a RCO participou da ocasião com dois palestrantes: Mauro Conceição dos Santos, diretor da BR Mix – parceira da fabricante – e Leonardo Cavalcante, coordenador técnico de Vendas da RCO.

Mauro dos Santos, Diretor da BR Mix

A primeira apresentação, ministrada por Santos, teve 15 minutos de duração e foi suficiente para que ele conseguisse passar suas experiências com as centrais dosadoras fabricadas pela RCO. “Conseguimos perceber que os visitantes gostaram do que viram”, conta Leonardo Cavalcante.

Leonardo Cavalcante, coordenador técnico de Vendas da RCO

Depois de apresentada a visão do usuário, partiu-se para a segunda palestra. Conduzida por Cavalcante, o tema abordado foi “Flexibilidade e agilidade da central dosadora móvel de concreto NOMAD D-40”. De acordo com o coordenador de Vendas, a segunda palestra foi bastante produtiva contanto, inclusive, com vídeos do equipamento. “Foi uma boa oportunidade para mostrar nossas soluções a uma grande plateia”, diz Cavalcante. “Passamos informações de montagem e operação, o que contribui para o aperfeiçoamento do canteiro de obras”, completa.

Dado o sucesso da experiência, Cavalcante salienta que a intenção da empresa é participar, cada vez mais, de eventos como este. “Estar presente em eventos desse tipo é muito importância para nós, pois nos aproxima do setor”, finaliza.

Centrais de concreto RCO registram alta produtividade

No Comperj, a central de concreto RCO, projetada para produzir nominalmente 80 m3/h, atingiu a marca de 88 m3/h.

“As centrais dosadoras de concreto RCO, modelos CDR 80 e CDR 40, vêm registrando altos índices de produtividade, que vão além das respectivas especificações nominais, segundo a empresa fabricante. Elas são projetadas visando robustez e qualidade técnica com o uso de materiais com qualidade e durabilidade. 

Na obra da nova fábrica da Votorantim em Rio Branco do Sul (PR), a RCO instalou a central dosadora CDR 40. Com um índice nominal de produção de concreto em 40 m3/h, técnicos da RCO e operadores do equipamento registraram uma produtividade além do esperado. Conforme aferição, a CDR 40 vem produzindo, em um período de uma hora, 7 cargas de 8 m3 de concreto, o que equivale a 56 m3/h, o que implica produção 40% maior do que o índice nominal do equipamento. Além disso, a central opera sem interrupção, registrando situações de trabalho contínuo de 18 dias e noites sem apresentar paradas. 

Em outro canteiro de obras, o do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), a central de concreto do modelo CDR 80 opera desde agosto de 2012. Projetada para produzir nominalmente 80 m3/h de concreto, operadores do equipamento em campo notaram que nos primeiros dias de operação a central já atingiu a marca de 11 cargas de 8 m3/h, totalizando 88 m3/h. A empresa destaca que os índices de produtividade atingidos “não prejudicaram em nenhum momento a qualidade do traço”.”

Fonte: Revista O Empreiteiro