Base de Alcântara recebe silo RCO para obras de expansão

TMI

Base de Alcântara, no Maranhão, com destaque para a TMI – Torre de Móvel de Integração. Fonte: Tribuna Hoje.com

O Centro de Lançamento de Alcântara, localizado ao norte do município maranhense de Alcântara, é uma importante base brasileira para lançamento de satélites. Inaugurada em 1989, a estrutura foi uma alternativa ao Centro de Lançamento Barreira do Inferno, no Rio Grande do Norte. Pela proximidade à linha do Equador, a base de Alcântara torna o lançamento de satélites menos custoso devido à 30% menos em consumo de combustível. Sendo assim, Alcântara é considerado um dos mais importantes pontos de lançamento de foguetes e satélites do mundo.

Em um consórcio denominado Cyclone 4, a Odebrecht Infraestrutura e Camargo Corrêa, clientes RCO, e mais as empresas ucranianas Elkor Corporation e Concord Group, realizam obras civis e de montagem visando uma expansão da base que a deixará como uma das bases mais modernas do mundo, garantindo assim sua permanência em um seleto grupo de países que possuem estrutura semelhante. O nome Cyclone vem de um foguete desenvolvido na Ucrânia que será utilizado nos próximos lançamentos, o Cyclone 4.

Para o projeto de expansão em Alcântara, a obra conta com Silo Aparafusado de 380 toneladas de capacidade em armazenamento de cimento. Silos soldados e aparafusados RCO encontram-se atualmente em obras signicativas para o desenvolvimento do país, incluindo obras para a Copa 2014.

Silos da RCO na EMBRAPORT já estão em operação

3 Silos RCO de 200 toneladas de capacidade cada: solução aprovada pela Odebrecht.

Os 3 silos da RCO de 200 toneladas de capacidade de armazenamento cada já estão em operação plena na obra Embraport, em Santos-SP.

Como já foi dito em post anterior, a obra Embraport está sendo considerada uma importantíssima obra para o setor portuário que, após finalizada, será considerado o maior terminal privado multiuso do Brasil.

A construtora Odebrecht, cliente RCO e integrante do consórcio construtor da obra, aprova as soluções RCO adotando as soluções em armazenamento da empresa em quase todas as suas novas obras.